close

Ondas de Choque: Máquina alemã é eficaz no tratamento da dor

img_6641

Oie gente!!! Vamos voltar a falar de saúde???

Quem tem acompanhado os posts que tenho feito sobre o caso da minha amiga Rafaela Melo que vivia tendo crises do dor de cabeça, levanta a mão!!! Pois bem. Estive acompanhando o caso dela e comentado aqui porque é alarmante o número de pessoas que sofrem algum tipo de dor em nosso país. Rafa tem feito um tratamento com o Dr. Gabriel Moreira, médico da dor. Sim, acredite, ele consegue diagnosticar qualquer tipo de dor que porventura você venha sofrendo através de uma máquina que faz o exame de termografia. Super revolucionário!!! E aquela dor invisível que ela vivia sofrendo, tomou forma e ganhou nome depois que ela passou pelo raio-x. Você pode rever a história dela clicando aqui e aqui.

Mas vamos lá! Minha amiga fez o tratamento (e continua fazendo) com o médico. Ela não tinha mais vida, de tanta dor que sentia. Nos posts passados contei um pouco sobre a história dela e alguns passos durante o atendimento. Depois do diagnóstico de cefaleia mista e migrânea, começou a realizar alguns procedimentos e foi obrigada a mudar o estilo de vida. Além da aplicação de medicamentos e toxina botulínica, para tratar a tensão muscular, Rafa começou a praticar exercícios (caminhada) e melhorou e muito a sua alimentação. Gente, pode acreditar, mas não tem jeito, a nossa qualidade de vida está diretamente ligada à nossa alimentação e estilo de vida. Ela até emagreceu!!!

Dei um tempo nas postagens para que ela continuasse o tratamento e pudéssemos fazer uma análise de seu estado clínico. Eu mesma já tinha percebido a melhora nas dores de cabeça, mas perguntei a ela sobre isso, só pra ficar registrado. Esta semana ela me disse que sentiu uma melhora em cerca de 90%. Fiquei tão feliz ao ouvir (confirmar minhas análises..rs) porque só eu sei pelo o que ela estava passando. Acompanhei de perto todas as fases e te digo, não foi fácil.

img_6495
Se preparando para aplicação de toxina

Para melhorar, além de fazer tudo isso que escrevi aí acima, ela também fez tratamento com uma máquina super bacana de ondas de choque, para estimular a substância que eles chamam de P, que tira a dor. Esse “choquinho” que é super inocente e indolor entra no músculo e tira a inflamação. Pra você ter uma ideia de como ela é revolucionária no tratamento da dor, uma sessão com a máquina que veio da Alemanha (emite 6 mil choques) equivale a nada menos que 22 sessões de fisioterapia. Oi??? Eu me lembro dela saindo do consultório falando que estava se sentindo “muito bem obrigada”  depois das ondas de choque. Dia desses ela até falou pra mim que queria de novo…kkkk Parece que aliviou a tensão mesmo!!!

img_6641

img_6642
Ondas de choque

Ela ainda continua tomando alguns remédios mas sei que logo logo, com essa nova fase de vida, ela vai deixar de tomá-los. Antes de começar o tratamento não havia remédio que fizesse efeito e aliviasse a dor que ela estava sentindo. O Dr. Gabriel ainda falou a ela sobre um aplicativo super bacana que ela poderia baixar no celular para fazer todos os dias uma avaliação sobre o seu estado clínico. Algo como se fosse um diário da dor, onde ela descreveria qual a intensidade da dor dia a dia. Com isso, depois de um tempo, ela mesmo poderia fazer uma análise se havia melhorado ou não. Este aplicativo ajudaria a criar um relatório que facilitasse o acompanhamento médico. Ela conseguia administrar a dor de cabeça incluindo no aplicativo o dia horário e intensidade da dor, além do nível de ansiedade, alteração de humor e outros fatores desencadeantes. Top né? Pesquisei e até tirei um print para vocês verem!

diario da dor

Graças a Deus já está tudo se normalizando. Ela deve voltar por esses dias para fazer uma outra avaliação e eu vou contando pra vocês. O que é super importante frisar com este meu post (meu objetivo principal) é: não desconsidere ou despreze a dor de ninguém. Só sabe quem convive com ela.  E estou falando isso por experiência própria. Eu mesma achava que a Rafa estava “aumentando” um pouco quando falava das crises de dores de cabeça, porque nem eu conseguia entender isso.

13245361_479908222206431_2292375043626519431_n-1

Tomei a liberdade e copiei do facebook uma foto do médico que está acompanhando o caso dela…rs. Se você conhecer alguém com quadro parecido, te digo: vale a pena.

Beijos e até mais!

 

 

Compartilhe
Tags : destaqueDorsaúde
Renata Vannier

The author Renata Vannier