close

Saúde

75% dos rondonienses sofrem de algum tipo de dor de cabeça

4445

É um dado assustador, mas é verdade. Descobri isso quando fui semana passada à Center Plástica aqui em Porto Velho, para um bate papo descontraído com o Dr. Gabriel Moreira, membro da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor.

Durante o bate papo gravamos para o programa Construshow, da minha amiga e jornalista Antônia Lima. Nós, juntamente com Angelita Lima e a Rafaela Melo, que ultimamente tem sofrido com constantes dores de cabeça, tiramos todas as nossas dúvidas sobre o tema.

7fdee447-e950-468a-9487-422fc6e2497f

Eu achei o tema tão interessante, que pedi autorização da minha amiga para relatar o caso da dela aqui no blog, assim como todo o seu tratamento. Segunda-feira a Rafa teve uma crise de enxaqueca tão forte, mas tão forte, que nem o tramal e nem qualquer outro remédio fez efeito algum, nem minimizou. Fui com ela à Unidade de Pronto Atendimento da zona Sul e de lá, a médica a encaminhou para o João Paulo II. Ela só veio melhorar hoje de manhã, e graças a Deus, teve alta. Para nossa alegria, ela começa o seu tratamento.

ee6c0d03-5763-4803-85dc-0c6a1d3e928a

As vezes nós sentimos dores e nem sabemos como e por que ela chegou, não é verdade? Mas uma coisa que eu já desconfiava (e que eu e todas nós confirmamos com o médico) é que a dor também está relacionada ao nosso estado emocional, acredita? E não só a isso, mas também à nossa alimentação e estilo de vida.

Vamos hoje para a primeira consulta e tudo que for interessante, vou anotando aqui. Como uma boa jornalista e curiosa que sou, vou logo é fazer uma entrevista exclusiva com ele…kkk.

6f035620-e692-44ef-b943-0d67339ed800

Vamos que vamos! Bom dia para vocês!!!

Beijo.

Compartilhe
Leia mais

Mais que perder peso, é ganhar saúde!

IMG_1098

Quem me acompanha nas redes sociais, principalmente no snap, sabe que há algum tempo resolvi mudar o jeito com que eu me relaciono não só com a minha alimentação, mas também com meu corpo e mente. Eu conheci uma pessoinha muito linda que me fez enxergar que é possível sim, mudar, e para melhor, nossa vida, e na maioria das vezes, este processo começa de dentro para fora.

herbalife

Há alguns anos perdi muito peso. Demais mesmo. Depois que meu filho nasceu eu perdi 31 quilos. De uns anos pra cá, recuperei uns 10.  Se estou feliz com isso??? Claro que não, porque pior do que ganhar peso é se sentir sedentária e sem coragem para fazer sequer nenhuma atividade física. Foi aí que de repente, ouvi um estalo na minha cabeça. É, estava na hora de mudar.

Foi quando conheci a Jamile Brasil, que há anos, trabalha com produtos Herbalife, juntamente com seu marido. Eu já conhecia os produtos e até já tinha experimentando, mas sem grandes pretensões. Ela, junto ao Janderson, me deu uma aula de encorajamento. Só quem pode mudar a nossa vida é a gente mesmo!

herbalife

Conheci com mais detalhes cada produto e aceitei o desafio de me desintoxicar tomando shake e chá por 3 dias consecutivos, substituindo duas alimentações ao dia. É bem verdade que isso não foi um sacrifício para mim, pois além de ser delicioso, o produto realmente sacia a minha fome. A combinação perfeita.

Antes de iniciar o processo, eles fizeram um panorama da minha atual situação, isso incluiu o meu peso atual, minha taxa metabólica, a quantidade de gordura no corpo e a minha idade corporal. E isso me assustou. Enfim, ao final do desafio de 3 dias, constatei que mais importante que perder peso é estar com o corpo mais saudável. Não é um processo milagroso, pelo contrário, requer disciplina.

herbalife
Meus companheiros de todos os dias. O chá me dá energia de sobra!!! O shake, nutrição!

O mais legal de tudo foi a mudança que aconteceu na minha mente. Eu realmente entendi que a nossa saúde é uma preciosidade e interfere diretamente no nosso estilo de vida. Ingerir alimentos de qualidade (nutricionalmente falando) e fazer uma atividade física é o caminho mais correto. Os produtos Herbalife não me fizeram somente perder peso, me ajudaram a mudar o meu estilo de vida. Hoje eu seleciono melhor os alimentos que vou ingerir, e isso, sem nenhum tipo de “neura”.

herbalife
Shake flan!

Nessa caminhada, que só está começando, eu já consegui obter resultados. Além do mais, consegui ainda ajudar outras pessoas que assim como eu, precisavam de uma “chacoalhada” e de um empurrãozinho!

herbalife
Meus preferidos? De doce de leite e de maracujá com cookies!

Eu continuo tomado meu shake pelo menos umas 2 vezes por semana. Eu gosto tanto que chego a sentir falta!!! De verdade…

herbalife

Esta semana estarei por lá!!! Se quiser conhecer o Espaço Vida Saudável que eu frequento, só dar um oi aqui que a gente combina de ir junto, almoçar e bater um bom papo…Que tal?

herbalife

Quero levar uma vida mais saudável e dividir boas experiências sempre foi meu objetivo!!!

Tá precisando de um incentivo??? Vem com a gente!!!

Beijos e até !!!

Compartilhe
Leia mais

Alerta: Lave a sua roupa nova antes de usar

rafacapa-830×341

Nunca levei isso tão a sério na minha vida, de verdade. Sempre fui daquelas que saía da loja e se pudesse, já saía com ela no corpo. Afinal de contas, está lá, na loja, novinha da silva né? Que mal ela poderia me fazer? Nenhum, pensava eu. Mas isso, até dias atrás. Vou explicar!

tpmblog

O CASO

Há alguns dias tive que levar uma amiga ao pronto socorro. Sim. Ela havia aparecido com umas manchas bem avermelhadas que coçavam mais que tudo na vida entre as pernas. Lembrei até no famoso pó de mico… sério!

Ela me contou que usou uma saia novinha em folha que havia comprado em uma dessas lojas de departamento, quando em viagem a São Paulo. Passara o dia com ela. De manhãzinha até a noite. Ao chegar em casa, se assustou com a vermelhidão entre as pernas e logo pensara que seria por conta do “roça, roça” das pernas, afinal de contas, não tinha colocado meia fina. Quem aqui em Porto Velho usa meia fina né?

Bom. Ela estranhou mas deixou passar. Dia depois, ela notara que além de não ter melhorado em nada, tinha piorado. A mancha entre as coxas descia para os joelhos. Começou a ficar preocupada e só depois de tanta agonia e coceira, fomos ao 9 de Julho.

Minha amiga logo foi atendida por um médico muito gentil, que atende pelo nome de Dr. Rached. Um médico tão atencioso e gentil que até estou colocando a fotinha dele aqui para vocês que ainda não o conhecem, terem a oportunidade de conhecerem! Ele olhou, avaliou, fez mil perguntas a minha amiga até que ela, na ingenuidade, contou o que de certo havia acontecido.

Tadinha da minha amiga. Tanta ingenuidade na pessoa! O espanto dela veio logo em seguida quando o médico indagou:

fala1

Ela nem entendeu direito o porquê da pergunta. Afinal de contas, em que uma ingênua saia novíssima em folha iria prejudicar? Mas aí está a resposta:

fala2

TUDO!!!!

Ele até chamou um outro médico que também atendia no plantão para não ter erro. Pelos sintomas, era quase que certeza que se tratava de erisipela. Minha amiga fez vários exames, tomou vários remédios (inclusive a doída benzetacil).

IMG_9491-768x1024

RESULTADO

Depois de horas e horas em observação, um monte de remédios, fomos para casa… E isso já era de madrugada. Ficou tomando remédios, passando uma pomadinha que o que tinha de pequenininha, tinha de cara e ainda ficou com aquelas manchas que depois de vermelha, foram ficando roxa.

Isso sem contar, a coceirinha chata da peste né amiga? Me perdoe, mas eu tive que compartilhar a sua história. Muitas mulheres compram roupas e não as lavam antes de usar!

A ERISIPELA

A erisipela é uma doença de pele infecciosa que provoca feridas vermelhas, inflamadas e dolorosas na pele, especialmente nas pernas, rosto ou braços e que pode aparecer em todo o corpo. Esta doença é mais frequente em mulheres com mais de 50 anos de idade, obesas ou diabéticas e é causada por uma bactéria chamada Streptcoccus pyogenes, que também pode causar uma forma mais grave da doença chamada erisipela bolhosa, que provoca feridas mais profundas na pele com bolhas com líquido transparente, amarelo ou marrom. Ela é quente e dolorosa. É uma bactéria.

MORAL DA HISTÓRIA

Lave sempre suas roupas novas antes de usar. Você nunca sabe qual o caminho ela percorreu e quantas pessoas já a experimentaram!

#ficaadica!

Beijocas e até mais!

 

Compartilhe
Leia mais
1 2
Page 2 of 2